RSS

A menina a Professora o telemóvel o video

26 Mar

Já vi e revi o video várias vezes ainda há pouco o estive a rever mais uma vez, da menina e das outras meninas e meninos da turma, uma palavrinha, a Liberdade é saber ser livre, os meninos e meninas daquela turma não são livres, sinceramente tenho pena deles e delas, mas entendo a sua auto-punição em não querer viver em Liberdade, um dia quando olharem à sua volta compreenderão o que digo.Esta é a geração que queima os carros dos Pais e familiares nos bairros onde vivem em Paris, esta é a geração que não gosta de professores e colegas e entra na sua escola e assassina como por exemplo na Alemanha ou Estados Unidos, esta é a geração que decide agredir uma Professora filmar o acto e gozar na boa numa escola portuguesa, esta é a geração que foi ao workshop do BE onde se ensinou a desobediência civil, esta é a geração que se lhe perguntarem quem foram os militares de Abril de 74, não sabem responder, esta é a geração que se lhe perguntarem quem foi o fascista Salazar ou Marcelo Caetano, não sabe responder, esta é a geração que se está a cagar em tudo, até neles próprios, esta geração daqui a uns anos vão ser os nossos mandantes, vai ser porrada acamada, vai, vai…

Anúncios
 
3 Comentários

Publicado por em Março 26, 2008 em Curiosidades, Day by day, Do Melhor

 

Etiquetas: ,

3 responses to “A menina a Professora o telemóvel o video

  1. f0fa

    Março 27, 2008 at 12:47 am

    Esta é a geração, rasca!!! Tenho dito!
    P.S – Vou ficar à cóca, dos post das 4 da matina 😛

     
  2. re21

    Março 28, 2008 at 9:43 pm

    fOfa, é geração a que as mães e pais não deram educação, é a geração que deixou de ser irreverante, é a geração que não tem ideologia, é a geração que tanto agride a professora como certamente agride as próprias mães e pais, é a geração que agride a namorada ao murro em frente a colegas e passado pouco tempo ela já está na marmelada com ele e vice-versa…

     
  3. Candido Gomes

    Abril 1, 2008 at 6:15 am

    Acho que nao se pode meter tudo no mesmo saco, tenho 25 anos e nao me revejo neste texto, como nao revejo quase a totalidade dos meus amigos… Sinto pelo contrario que a geracao dos anos 80 ‘e uma geracao de mente aberta, disposta a conhecer nova gente, paises, culturas… Nao critico os meus pais por serem um pouco fechados ate desconfiados das pessoas que os rodeia, como disse no texto e muito bem a educacao faz o homem. Mas sera que a educacao de hoje ‘e dada pelos pais? nao me parece, outros factores se sobrepoem! Eles trabalham tanto que o pouco tempo que tem nem o conseguem despender com os filhos, hora pq tem contas para pagar ou a lida da casa para fazer… A educacao de hoje em dia depende sobretudo da televisao, nao tou a defender esta rapariga porque a sua conduta e dos seus colegas ‘e severamente reprovavel, mas que podemos nos fazer a miudos que passam horas a ver morangos com acucar e programas do genero… Eles ja andam com as hormonas “aos saltos” com novelecas do genero ficam ainda mais parvos. Digo isto porque vi a realidade de 2 paises, Portugal e Lituania (no qual vivo agora e trabalho). Portugal, pais de 1 mundo apresenta programas de 3 mundo, no qual aprendemos pouco ou nada… Na Lituania pais de 2 mundo apresenta programas sobre cultura, filmes onde se aprende algo, danca (imaginem voces que aqui o danca comigo ‘e o programa mais visto ), programa sobre outras culturas, etc… Esta diferenca na programacao levou me a concluir uma acentuadada diferenca no prefil das pessoas de ambos os paises… Portugal os miudos querem e aprender os desportos radicais dos morangos, os penteados da moda… Aqui vejo pessoas dispostas aprender, homens a ir as aulas de danca com as mulheres, entusiasmados por visitar outros paises e culturas… Mas quem nao foi miudo e nao andou estupido por um tempo, eu andei, depois melhorei e agora sinto me muito bem cmg 🙂 O mesmo vai passar com alguns destes miudos, a idade muda as pessoas e a maneira de ver as coisas… Daqui a uns anos seram eles a falar da futura geracao… Eu nao sei o nome de todos os militares do 25 de abril, mas acho que isso nao faz de mim uma ma’ pessoa, quero acreditar, isso sim, nas palavras da minha mae quando me as diz: ” Es o melhor filho do mundo, tenho orgulho em ti”!

    P.S.: Peco desculpa pelos erros de acentuacao ( e nao so), mas aqui na Lituania ‘e complicado, porque pura e simplesmente nao os usam e logo nao se apresentam no teclado.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s